Atualmente existem diversas apresentações de ácido hialurônico no mercado, mas nem todas são iguais. Existem diferenças quanto a viscosidade, peso molecular e componentes associados, por exemplo. E o que muda?

A principal diferença é o número de infiltrações necessárias para conseguir o efeito terapêutico. As apresentações de baixo peso molecular necessitam de um número maior de procedimentos, alguns medicamentos têm indicação de infiltrar 5 vezes com intervalo de uma semana entre cada aplicação. Já as apresentações de alto peso molecular podem ser feitas com aplicação única, alcançando os mesmos resultados.

Quer entender um pouco mais sobre a viscossuplementação? Vamos conversar.