A artroplastia total de joelho é uma boa opção terapêutica para casos avançados de osteoartrite de joelho. Ela melhora os sintomas do paciente e acerta o alinhamento do membro, permitindo que o paciente volte a exercer as atividades cotidianas de forma mais confortável.
Porém a prótese de joelho sofre desgaste, pode soltar e eventualmente precisará ser trocada. A pergunta é: quando essa prótese precisará ser trocada?


O primeiro ponto é que as próteses não saem de fábrica com uma data limite após a qual elas precisam ser trocadas. A troca de uma prótese que não tem problema de infecção depende do desgaste ou da soltura dela. Isso pode ser avaliado por radiografias e pelas queixas do paciente.


O segundo ponto é que a velocidade de desgaste das próteses não é igual entre os pacientes. Fatores como peso e idade do paciente, alinhamento da prótese e demanda funcional têm impacto direto no tempo de duração dessa prótese, de forma que é muito difícil especificar para cada paciente quanto tempo a prótese vai durar.


Apesar disso, existem estudos avaliando o tempo médio de duração de uma prótese em grandes grupos de pacientes. Os dados atuais mostram que em média pelo menos 90% das próteses de joelho não precisaram ser trocadas em um prazo de 10 anos, e algumas delas chegam a durar mais de 20 anos.


Como regra geral pode-se considerar que a prótese de joelho deve exercer seu papel sem problemas por pelo menos 10 anos.

A Clínica Morumbi é especializada em Ortopedia de joelho, coluna, mão, punho, pé, quadril e está localizada dentro do Shopping Morumbi. Clique aqui para conversar com o time.