No post anterior foram apresentadas as principais causas de lesão entre os praticantes de atividade física. Agora vamos dar 9 dicas para evitar essas lesões.

  1. Antes de começar a praticar atividades físicas procure profissionais aptos a realizar a avaliação clínica pré-participação (principalmente avaliação cardiovascular), avaliação de lesões musculoesqueléticas anteriores e desequilíbrios musculares. Mesmo detalhes pequenos e tidos como irrelevantes podem ser importantes para identificar potenciais fatores que favoreçam o surgimento de lesões.
  2. Nos primeiros meses, principalmente na fase de adaptação ao exercício, preocupe-se mais com a qualidade do gesto esportivo, com a técnica correta da atividade sendo realizada, do que com o desempenho. Foque nos exercícios educativos, apesar de chatos, eles são fundamentais e sempre devem fazer parte da sua rotina de treinos.
  3. Tenha cuidado e paciência com a progressão de carga. Se você está saindo de um longo período de sedentarismo, a fase de adaptação pode durar meses, esse ainda não é o momento de aumentar cargas rapidamente. Aproveite esse período para aperfeiçoar o gesto esportivo.
  4. Correr uma maratona não é um projeto de meses, é um projeto de anos. O mesmo serve para natação, ciclismo, triathlon, futebol, musculação, Crossfit; a progressão de carga deve ser dimensionada para você. Tenha objetivos realistas e trabalhe conforme a periodização proposta para alcançar seus objetivos.
  5. Respeite a sua individualidade. Os seus colegas de treino têm idades diferentes, outras vivências esportivas e níveis de treinamento, estão em outras fases da periodização, possuem recursos motores diferentes. Acompanhar o grupo, apesar de mais gostoso, pode ser o vilão do seu treinamento e a causa das lesões.
  6. O esquema de treino que você seguia alguns anos atrás provavelmente não continua sendo o ideal. Nada de repetir a planilha, nesse meio tempo você envelheceu, mudou o tempo que tem disponível para se dedicar aos treinos e ao descanso…. Usar a planilha que está dando certo para um amigo também não é um bom caminho.
  7. Descansar bem e se alimentar direito é tão ou mais importante do que treinar.
  8. Cuidado com a especificidade do seu treino. Se você está muito bem preparado por anos de musculação bem feita, seu corpo está pronto para mais uma sessão de academia. Arriscar-se no vôlei ou no futebol pode ser perigoso, mesmo estando forte, explosivo, correndo e pulando bem, você não está habituado ao gesto esportivo de outras modalidades. A mesma lógica se aplica a corredores jogando futebol, triatletas jogando basquete…
  9. Cerque-se de pessoas capacitadas a te orientar corretamente.
    Se você já falhou em algum desses pontos e se lesionou, eu posso te ajudar. Agende a sua consulta!

A Clínica Morumbi é especializada em Ortopedia de joelho, coluna, mão, punho, pé, quadril e está localizada dentro do Shopping Morumbi. Clique aqui para conversar com o time.