Condromalácia é uma palavra originada do grego que significa ao pé da letra amolecimento da cartilagem (˜khóndroos”- cartilagem; “malakos”- amolecido). No Brasil, esse termo acabou sendo adotado como sinônimo de qualquer dor anterior no joelho, o que por vezes pode induzir tanto médico quanto paciente a diagnósticos não muito precisos e condutas terapêuticas que eventualmente não são as mais adequadas. Condromalácia é apenas uma alteração inicial da cartilagem, é um estágio precoce de condropatia, que pode ou não evoluir e virar uma condição mais grave, como lesão condral de fato ou artrose.

Condromalácia causa dor?
A princípio não. Isso mesmo, ao contrário do que muitos acreditam na maioria das vezes condromalácia não causa dor.
Sabemos que a cartilagem é um tecido aneural, ou seja, não existe nervo na cartilagem, dessa forma a cartilagem não pode ser o motivo da dor. Para corroborar essa ideia, um cirurgião de joelho americano se submeteu a uma artroscopia de joelho sem anestesia e fez um desenho de quais pontos dentro do joelho eram ou não dolorosos. A conclusão foi que ele não teve dor na cartilagem, mas em outras regiões do joelho. Caso você tenha interesse em ver esse trabalho: “Conscious Neurosensory Mapping of the Internal Structures of the Human Knee Without Intraarticular Anesthesia – The American Journal of Sports Medicine (1998) – Dye, S.F.”

Mas, se não é a cartilagem, então o que dói no joelho?
O joelho possui diversas outras estruturas que possuem terminações nervosas e capacidade de causar dor. Osso subcondral, tecido sinovial, bursas, tendões, cápsula articular, plica e ligamentos são estruturas que podem causar dor no joelho

É possível que condromalácia cause dor?
Existe uma possibilidade de que o amolecimento da cartilagem piore a sua capacidade de absorver as cargas a ponto de sobrecarregar o osso subcondral, o que causaria dor.
Porém essa possibilidade é bastante difícil de identificar tanto no exame físico quanto nos exames de imagem. Dessa forma, a condormalácia deve ser encarada mais como um diagnóstico de exclusão, um diagnóstico que definimos depois de descartar as outras possibilidades, do que como a primeira hipótese diagnóstica no paciente com quadro de dor anterior no joelho.
A outra possibilidade é que o paciente tenha uma doença mais grave da cartilagem causando acometimento do osso subcondral, artrose ou lesão condral completa, ou até mesmo que a dor não tenha relação com a possível alteração de cartilagem patelar.

O que fazer se eu desconfiar que posso ter condromalácia?
Em primeiro lugar você deve procurar alguém habilitado a te avaliar, descartar outras possibilidades diagnósticas e te orientar adequadamente. Só assim um plano de quais exames complementares solicitar e quais caminhos terapêuticos tomar podem ser definidos

Preciso fazer algum exame quando suspeito que tenho condromalácia patelar?
Geralmente não em um primeiro momento. Os exames de imagem são indicados em casos específicos nos quais se desconfia de uma lesão condral mais importante, corpo livre intra-articular, associação com instabilidade patelar, alterações anatômicas relevantes ou na falha de tratamento conservador adequado.

Como é o tratamento da condromalácia?
Além do já conhecido tratamento ortopédico a base de gelo, anti-inflamatório e fisioterapia, é importante tentar identificar alterações biomecânicas, falhas do gesto esportivo, desbalanços na relação capacidade-demanda, carga de treino excessiva, descanço ou tempo de recuperação insuficientes

Existe algum movimento ou atividade física que eu não deva fazer por causa da condromalácia?
Não. A regra aqui é simples, seu limite é o seu desconforto. Preocupe-se em manter um bom padrão de movimento, o equilíbrio muscular e a carga de treino. Se necessário ajuste a amplitude do movimento, encontre variações mais confortáveis. Só não pode arrumar desculpa para ficar parado.

Até agachamento e corrida pode com condromalácia?
Sim. Entenda seu corpo. Identifique seus limites. Ajuste a carga de treino e a qualidade do movimento.

Você tem um quadro de dor anterior no joelho ou condromalácia? Já tentaram te privar de uma série de atividades físicas devido a sua lesão no joelho? Eu posso te ajudar. Agende a Sua Consulta!